EXPERIMENTE!

– realizar seus sonhos em 2018 –

 

Permita-se mergulhar dentro de si e (re)descobrir seus sonhos, aproveitando do ano que se inicia para alavancar seu projeto ou ideia, seja pessoal ou profissional. Usando um conjunto de metodologias de gestão de projetos dotadas de uma visão holística, você obterá apoio para investigar seu sonho, planeja-lo de maneira estratégica e elaborar um plano de ação efetivo para torná-lo realidade. Para você que deseja entrar no novo ano virando a página e deixando para trás o que te prende, pronto para alçar novos vôos e realizar seus sonhos!

Data: 15 a 17/12/2017
Local: Casa Ayo – Asa Sul – Brasília/DF

QUERO PARTICIPAR

A PROPOSTA Do WORKSHOP

 

O QUE VOCÊ VAI ALCANÇAR


CELEBRE O CAMINHO PERCORRIDO

Olhar para trás e reconhecer o caminho que te trouxe até aqui, aprendendo com os erros cometidos e os sucessos atingidos é fundamental para poder trilhar seu futuro em paz e com sabedoria.


(RE)CONECTE-SE COM SEU SONHO

Tire um tempo para descobrir o que realmente importa para você, seja aquele velho sonho que nunca teve coragem de persegui-lo ou novos sonhos relativos a um novo momento de vida. Qual sua missão nesta vida?


DEIXE PARA TRÁS O QUE NÃO PRECISA MAIS

Identificar o que nos impede de avançar – como velhos padrões, crenças limitantes ou relações que aprisionam – e se libertar delas é fundamental para abrir espaço para que o novo possa surgir.


PLANEJE SEU ANO NOVO, VIDA NOVA

Identifique seus sonhos e planeje de forma realista e divertida como pode concretizá-lo no ano novo que chega de forma a dar o primeiro passo e transformar sua realidade.

 

SERÁ QUE É PARA MIM?

Esse workshop é para você que:

  • tem um sonho que deseja tornar realidade mas não sabe por onde começar
  • tem um projeto em mente mas nao está conseguindo botar em ação
  • está infeliz com sua vida atual, mas também não sabe exatamente o que quer
  • tem muitas idéias e vontades e não sabe como escolher uma
  • está buscando realizar seus sonhos mas está encontrando dificuldades

 

 

AS METODOLOGIAS UTILIZADAS

icone_dragon-dreamingUma abordagem para o planejamento estratégico participativo consensual para projetos e organizações na área de Desenvolvimento Econômico Comunitário ecologicamente sustentável. O Dragon Dreaming é uma metodologia de design de projetos que dá suporte a indivíduos, organizações e comunidades para co-criarem, de maneira altamente eficaz, projetos bem-sucedidos a partir de seus sonhos e visões coletivas. A metodologia faz com que cada indivíduo encontre seu lugar dentro do todo de maneira rápida e natural. Dragon Dreaming reconhece que quando seguimos as nossas intenções verdadeiras, a separação entre trabalho e diversão se dissolve. A metodologia Dragon Dreaming inspira-se em teorias de desenvolvimento e aprendizagem organizacionais, na Ecologia Profunda, na Teoria de Sistemas e também na sabedoria de tradições antigas (Aborígenes). Através desse método, almejamos o empoderamento de indivíduos, a construção de comunidades e trazer a tona projetos que estão verdadeira e efetivamente servindo à Terra.
icone_sociocraciaMétodo de governança de organizações que produz maior comprometimento, níveis mais altos de criatividade, liderança distribuída, harmonia mais profunda e uma aumento dramático da produtividade. Os princípios e práticas, baseados nos valores de equivalência, eficácia e transparência, são desenhados para fomentar tanto a união quanto o respeito pelo indivíduo. A sociocracia confere poder aos “socius”, aos parceiros, pessoas que regularmente interagem umas com as outras e que compartilham um objetivo comum. As decisões são feitas mediante consulta mútua e por “consentimento”, considerando as necessidades de cada pessoa dentro do contexto dos objetivos da organização. Em uma organização sociocrática, quer ela seja uma empresa, associação ou comunidade, o poder é conferido ao processo que distribui a todos os membros da organização. Cada pessoa tem o poder de e a responsabilidade de tomar decisões que governam sua própria participação na organização.
icone_pdcA Permacultura é uma metodologia para o planejamento de ocupações humanas sustentáveis concebido na década de 70 na Austrália, por Bill Mollison e David Holmgren. O Design é sua ferramenta metodologia efetiva, pela qual podemos construir um modo de vida ecologicamente equilibrado, atendendo minimamente às necessidades básicas de: produção alimentar, construção de moradias, oferta e tratamento de água e geração de energia, sem a degradação socioambiental decorrente do modo de vida vigente. O processo de prover as necessidades das pessoas dentro de limites ecológicos requer uma revolução cultural. Inevitavelmente, tal revolução é repleta de confusões, pistas falsas, riscos e ineficiências. Parece que temos pouco tempo para levar adiante essa revolução.
icone_cnvA Comunicação Não-Violenta proposta por Marshall Rosemberg, nos presenteia com diversas técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais. Através dela, re-aprendemos a falar e ouvir nos entregando de coração e ligando-nos à nós mesmos e aos outros de maneira tal, que permita que nossa compaixão natural floresça, esvaziando nossa mente para que possamos nos conectar profundamente. No contexto mundial que vivemos, de desconexão da Natureza – das pessoas que nos cercam, e até de nós mesmo – a Comunicação Não-Violenta proporciona o desenvolvimento da habilidade de se reconectar com si próprio, com seus próprios sentimentos, e aprender à expressa-los no sentido da construção de um mundo melhor, e não da manipulação do outro. Faz parte da transformação do mundo que aprendamos a sentir a dor que estamos causando no Planeta e aos demais seres e pessoas para mudar nossas ações. Essa mudança começará por nossa linguagem e por nossos métodos de comunicação.
icone_design-de-informacoesDesign de informações é uma ferramenta criativa que reúne novas formas de se organizar conteúdo complexos. Por meio ícones, índices, símbolos, imagens analogias, comparações, escala de cores e storytelling, o designer de informações reformata a mensagem para que ela seja transmitida de forma racional e também afetiva, através de desenhos, mapas mentais, e infográficos. A Facilitação Gráfica de um evento permite a visualização do conteúdo que está sendo apresentado ou construído coletivamente à medida que ele acontece. É uma ferramenta muito útil que permite de forma simultânea focar nos detalhes, enxergar o todo. Além disso, ela tem três grandes poderes que agregam valor e interatividade ao evento: ser escutado, compreensão compartilhada e algo para ver e tocar.
Jogos cooperativos são dinâmicas de grupo que têm por objetivo despertar a consciência de cooperação e promover efetivamente a ajuda entre as pessoas. Nele, aprende-se a considerar o outro que joga como um parceiro, e não como adversário, fazendo com que a pessoa aprenda a se colocar no lugar do outro, e não priorizar apenas o seu lado. Eles são utilizados para unir pessoas, e reforçar a confiança em si mesmo e nos outros. Os jogos cooperativos resultam numa vontade de continuar jogando, e aceitar todos como são verdadeiramente e ajuda as pessoas a se libertarem da competição. O objetivo maior é a participação de todos por uma meta em comum e cada um no seu próprio ritmo.
O movimento intitulado Danças Circulares Sagradas nasceu com um coreógrafo alemão/polonês em 1976 na Comunidade de Findhorn, no norte da Escócia. De lá até os dias atuais é notável a expansão das Danças Circulares, que no início da década de 90, chegaram ao Brasil e se espalharam formando rodas em parques, escolas, universidades, hospitais, órgãos públicos, ongs, instituições e empresas dos mais variados segmentos. É importante lembrar que em todas as tribos e em todas as épocas a Dança Sagrada fez parte dos rituais de suas comunidades. O círculo, símbolo universal, tendo como centro muitas vezes o fogo ou objetos sagrados como talismãs e flores, representava o espaço da comunidade para celebrar rituais de passagem como nascimento, casamento, morte e outros momentos importantes da vida humana. A Dança Circular Sagrada não é, portanto, uma invenção dos tempos modernos. Pelo contrário, é apenas o resgate de uma prática ancestral muito antiga e profunda, vestida para os tempos atuais. O principal enfoque na Dança Circular Sagrada não é a técnica e sim o sentimento de união de grupo, o espírito comunitário que se instala a partir do momento em que todos, de mãos dadas, apoiam e auxiliam os companheiros. Assim, ela é indicada para pessoas de qualquer idade, raça ou profissão, auxiliando o indivíduo a tomar consciência de seu corpo físico, acalmar seu emocional, trabalhar sua concentração e memória e, principalmente, entrar em contato com uma linguagem simbólica, que embora acessível a qualquer um, não é utilizada no dia a dia.

 

QUERO PARTICIPAR

O CURSO

 

FACILITADORA

luiza

Luiza Padoa

Permacultora, bióloga e mestre em Ecologia e Desenvolvimento Sustentável pela Université Montpellier II, Designer de Informações pela Mirá e facilitadora de projetos Dragon Dreaming. Praticante e multiplicadora de Sociocracia, Comunicação Não-Violenta e Yoga. Tem atuado no IPOEMA desde 2011 como Coordenadora de Cursos e atualmente é diretora geral e responsável pela gestão de metodologias colaborativas do Instituto. Pelo IPOEMA, já coordenou 32 cursos, e projetos institucionais como a VIVERDEDENTRO e o Águas do Cerrado. Desde 2015 se tornou mãe da Lila e se entregou para viver a maternidade com suas belezas e desafios. Gosta de misturar todas essas metodologias e suas habilidades para fazer sonhos acontecerem. Já prestou consultoria para mais de 15 projetos e realizou facilitação gráfica para mais de 20 eventos, além de atuar no design de informações de materiais pedagógicos.

 

ESPAÇO

O curso acontecerá numa casa no meio da cidade para que os participantes tenham a oportunidade de vivenciar uma situação real de uma casa “normal” na qual se pretende ter um estilo de vida mais ecológico. A Casa Ayo fica localizada na Asa Sul e tem a proposta de oferecer a seus moradores de viver em uma comunidade urbana co-criando um espaço de sustentabilidade, arte, brincar e cooperação como uma ferramenta de crescimento individual e educação de crianças e adultos para sermos a mudança que queremos ver no mundo. Ela esta na etapa inicial de consolidação e permite aos participantes do curso acompanharem essa transição. Não há acomodação prevista para os participantes.

DATA e HORÁRIOS

O Workshop será realizado entre os dias 15 e 17/12/2017. Na sexta será somente no periodo da noite, das 18h30 às 21h30, e no sábado e domingo das 8hs às 18hs, com intervalo para o horário do almoço de 12-14hs.

ALIMENTAÇÃO

Durante o curso você poderá desfrutar de cofre-breaks com frutas e lanches saudáveis e saborosos, dando preferência para os produtos locais, orgânicos, agroflorestais e sazonais, produzidos por agricultores familiares, para manter a coerência com os princípios da permacultura. Não há almoço previsto, uma vez que estando na cidade dispomos de muitas opções de alimentação a proximidade.

mesa-de-frutas

 

QUERO PARTICIPAR

DEPOIMENTOS SOBRE A FACILITADORA

“A Luiza tem uma linda habilidade de se comunicar graficamente e oralmente de maneira a trazer bom entendimento das informações e paz nas relações. Seu jeito tranquilo e objetivo, permite o desenvolvimento das pessoas e por consequência de boas idéias. Tê-la como facilitadora de um projeto ou atividade é prezar pelo alto desempenho dos resultados e das relações. É sempre muito gratificante!!!!”

Otávio Torrão – Permacultor, Ator, compositor, músico e poeta  Brasília/DF


“Tive oportunidade de estar com a Luiza em uma das experiências mais significativas da minha maternidade: a criação de um coletivo de cuidado parental. A Lu abriu as portas de sua casa e da sua vida para sete famílias construírem juntas uma proposta de cuidado das crias durante a semana. Tudo aconteceu muito rápido e sua atuação como mediadora das nossas reflexões e práticas foi fundamental. Foi um lindo trabalho de facilitação para o projeto acontecer de forma respeitosa, com um bom entrosamento entre todos, trazendo os sonhos de cada família, seus limites e possibilidades. Somos amigos até hoje. A Luiza faz o trabalho de mediação/facilitação de coração e isso faz toda diferença. E tem muito conhecimento sobre as metodologias que propõem. Compartilha o conhecimento e as propostas com muito cuidado e escuta, de forma clara e precisa. Ela também tem a incrível habilidade de traduzir ideias em imagens e desenhos lindos que ajudam a visualizar coisas que as palavras muitas vezes não dão conta de explicar. Super indico!”

Letícia Terreri – Bióloga – Brasília/DF


“Luiza Padoa tem um lindo trabalho de facilitação gráfica e de grupos, construído com muita dedicação, estudo e generosidade. Já participei de desenhos de projetos, utilizando a metodologia Dragon Dreaming, facilitados por ela, com muita competência e ótimos resultados. As experiências com facilitação gráfica que ela realizou para nós, Coletivo Gaia Brasilia e CONANE, foram maravilhosas, belas expressões dos pensamentos e sentimentos dos grupos. Recomendo o trabalho desta artista e facilitadora com muito respeito e carinho, vale a pena conhecer o que ela faz.”

Sonia Goulart – Coordenação Geral CONANE – Conferência Nacional de Alternativas para a Nova Educação


“A participação da Luiza Padoa como facilitadora gráfica no processo de formação politica que marcou o final da primeira fase do projeto Jovens Protagonistas da FLONA Tefé, RESEX do Baixo Juruá e RESEX do Rio Jutai (AM), foi essencial no sentido de promover maior compreensão dos educandos acerca do conteúdo trabalhado. Tinhamos um desafio grande, pois trataríamos de temas políticos complexos, principalmente para um público de jovens moradores de Unidades de Conservação dentro da floresta, com baixa escolaridade e pouco costume com reflexões mais profundas. O trabalho da Luiza ajudou a transformar as mensagens e reflexões complexas em algo não só visual, mas compreensível ao grupo, baseado em sinais e signos conhecidos pelos jovens. A Luiza não só tem habilidade na facilitação gráfica, mas na facilitação do processo como um todo, participando ativamente das avaliações de equipe e buscando as melhores estrategias de comunicação e sensibilização do grupo.”

Gabriella Calixto Scelza – Analista Ambiental/ICMBio – RESEX Marinha de Soure-Marajó/PA


Mais que trabalhar, Luiza viveu aqui conosco no sítio Nós na Teia. E trabalhou também, claro. Foram dois anos de muitas trocas, aprendizados, respeito, carinho, desenhos lindos e competência. Organizamos cursos juntos, ela participou da elaboração dos nossos documentos de governança, ajudou a facilitar o processo e até hoje temos e usamos muitos dos desenhos que ela fez. Sim, rolou muita facilitação gráfica. Ela é cheia de talentos variados, além de sorrir muito e lindamente. Então, o que eu particularmente posso dizer é que sim, vale a pena contratá-la.”

Sérgio Pamplona – Bioarquiteto e Permacultor – Brasília/DF


“Excelente facilitadora! Luiza é criativa, dinâmica e usa metodologias que tornam os processos lúdicos e interessantes.
Super recomendo!”

Mônica Carapeços – Educadora e Permacultora – Brasília/DF

QUERO PARTICIPAR

O IPOEMA - REALIZADOR

O IPOEMA – Instituto de Permacultura uma associação sem fins lucrativos, fundada em 2005 com a missão de contribuir na construção de um mundo melhor, socialmente mais justo e ambientalmente equilibrado se valendo da permacultura como metodologia para a concepção e execução de ambientes humanos sustentáveis e um modo de vida mais saudável em sua plenitude. Para isso, vem difundindo e ensinando todas as técnicas e tecnologias sociais que atendam as necessidades humanas sem gerar um impacto ambiental negativo. Desde sua fundação, o IPOEMA já capacitou e sensibilizou mais de 10 mil pessoas entre crianças, jovens e adultos!

O IPOEMA NA MÍDIA

 Temos quase 50 matérias jornalísticas de TVs e outras tantas de jornais, sobre nosso trabalho, veja algumas:

 

 

DEPOIMENTOS DE ALUNOS DO IPOEMA

cristiane-meico

“Em tempos de atitudes cada vez mais individualistas associadas a escassez de recursos, trabalhos como os do Ipoema são extremamente relevantes. Há anos que vejo jovens das escolas e outros cidadãos de Brasília sendo educados e capacitados pelo Ipoema para implementarem em suas vidas diárias práticas sustentáveis que respeitam não apenas os recursos do meio ambiente, mas principalmente os seres que nele habitam. Iniciativas como as do Ipoema deveriam ser replicadas em diversas partes do País.”

Cristiane de Abreu Meiçó – Psicóloga e gestora ambiental – Brasília/DF


““Quando viemos para essa região em 2011 o meu marido, Guy, e eu, não sabíamos como iniciar a vida sustentável que pretendíamos viver na nossa chácara em Goiás. Felizmente descobrimos IPOEMA e tivemos a sorte de fazer dois cursos – Bioconstrução e Agrofloresta – todas as duas maravilhosas. Além de informações importantíssimas e exercícios práticos durante os cursos, conhecemos pessoas maravilhosas e assim já não nos sentíamos tão sós. O simples fato da existencia de IPOEMA – o pessoal, o instituto, as casas, os viveiros, cisternas de ferrocimento, etc – torna a vida aqui no planalto mais rica e feliz.”

Greta Browne – Aposentada – Cocalzinho de Goias/GO


tairone“Depois de conhecer os conceitos de permacultura, através de uma matéria ministrada pelo CJ na UnB, mudei minha forma de interação com o meio. Através das idéias expostas em sala, e pelo exemplo de vida, comecei a conhecer e buscar outras formas de agir. Hoje estou construindo minha própria biocasa, vivo em contato com a natureza e sempre que posso dissemino essas idéias. Confesso que ainda estou na fase embrionária, aprendendo devagar e me desenvolvendo nessas práticas, mas já posso dizer que minha qualidade de vida aumentou muito, tudo graças às sementes plantadas por esse trabalho do CJ e do Ipoema.”

Tairone Gonçalves de Almeida – Bombeiro Militar – Araucária/PR

INSCRIÇÃO

processo de inscrição é todo online de maneira simples e rápida!

  • moip-pagamento2Pagamento em cartão, boleto ou transferência bancária
  • Parcelamento em até 6x
  • Desconto para pagamento à vista

Buscamos preços justos que cuidem tanto da Instituição e das pessoas que fazem parte da equipe quanto da diversidade de participantes que queremos alcançar com esta oficina. Avalie a sua categoria na hora de fazer a inscrição.

VALOR SOLIDÁRIO

Para agricultores, chacareiros, assentados, comunidades carentes, movimentos sociais, associações comunitárias, moradores de regiões periurbanas vulneráveis, estagiários e famílias com renda até 2 salários mínimos, oferecemos um valor reduzido para te ajudar a participar!

 6x R$ 62,46

ou R$ 350,00 à vista

VALOR JUSTO

Estudantes, educadores, ONG’s, ativistas, autônomos, mães solo, e casais (quando os 2 se inscrevem), comunidades intencionais e coletivos que trabalham para uma transição planetária contribuem com o valor justo que proporciona o equilíbrio financeiro da Instituição.
6x R$ 80,31

ou R$ 450,00 à vista

 

VALOR ANJO

Se você é de uma empresa privada, instituição governamental e/ou seu ponto de equilíbrio permite apoiar a participação de outros indivíduos, seja o “anjo” de outra pessoa mais necessitada.

6x R$ 98,31

ou R$550,00 à vista

some icons made by RoundiconsEucalyp and Freepik from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY

Comentários