COMUNIC| AMOR

– um workshop de descoberta da Comunicação Não-Violenta –

comunicamor-quadrado2

Descubra uma nova maneira de se comunicar que permite uma conexão profunda com si mesmo ao mesmo tempo que cuida das pessoas ao seu redor. Para você que quer aprimorar suas relações pessoais e profissionais, ter mais consciência de suas emoções e desenvolver uma comunicação mais empática e amorosa.

Data: 21/10/2017
Horário: 8hs-12hs
Local: Escola Céu de Brasília
Endereço: QRSW 07 – Sudoeste – Brasília /DF

QUERO PARTICIPAR

A COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA

A Comunicação Não-Violenta proposta por Marshall Rosemberg, nos presenteia com diversas técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais. Através dela, re-aprendemos a falar e ouvir nos entregando de coração e ligando-nos à nós mesmos e aos outros de maneira tal, que permita que nossa compaixão natural floresça, esvaziando nossa mente para que possamos nos conectar profundamente.

pexels-photo-235478

No contexto mundial que vivemos, de desconexão da Natureza – das pessoas que nos cercam, e até de nós mesmo – a Comunicação Não-Violenta proporciona o desenvolvimento da habilidade de se reconectar com si próprio, com seus próprios sentimentos, e aprender à expressa-los no sentido da construção de um mundo melhor, e não da manipulação do outro. Faz parte da transformação do mundo que aprendamos a sentir a dor que estamos causando no Planeta e aos demais seres e pessoas para mudar nossas ações. Essa mudança começará por nossa linguagem e por nossos métodos de comunicação.

 

O QUE VOCÊ VAI APRENDER NESSE CURSO


DESCOBRIR UMA NOVA FORMA DE SE COMUNICAR

Enxergar o quanto a nossa comunicação diária tende a ser violenta com nós mesmos e com as pessoas que mais amamos ao utilizar julgamentos, comparações e rotulações desnecessárias é o primeiro passo para buscar uma forma mais empática e amorosa.


ENXERGAR AS SITUAÇÕES COM OUTRO OLHAR

Vamos aprender a observar situações do nosso cotidiano de maneira mais objetiva e menos envolvida, para enxergamos “a figura completa” e abrirmos espaço para novas compreensões. Como diz Krishnamurti “Observar sem avaliar é a forma mais elevada da inteligência humana”.


ENTENDER PORQUE AGE DE CERTAS FORMAS

As vezes nos arrependemos de reações espontâneas que temos, mas elas podem dizer muito sobre nós. Vamos entrar em contato com nós mesmos e tomar consciência de nossos sentimentos e necessidade afim de nos comunicarmos com maior sabedoria emocional.


CONSCIÊNCIA SOBRE O QUE REALMENTE IMPORTA

Após percorrer este caminho estaremos mais aptos a encontrar o que de fato precisamos para enriquecer nossas vidas, e seremos capazes de expressar pedidos genuínos aos outros (ou a nós mesmos). Com compaixão e sinceridade buscamos a felicidade de todos.

 

PORQUE APRENDER COMUNICAÇÃO NÃO-VIOLENTA?

a
a

 

QUERO PARTICIPAR

O CURSO

 

FACILITADORA

luiza

Luiza Padoa

Permacultora, bióloga e mestre em Ecologia e Desenvolvimento Sustentável pela Université Montpellier II, Designer de Informações pela Mirá e facilitadora de projetos Dragon Dreaming. Praticante e multiplicadora de Sociocracia, Comunicação Não-Violenta e Yoga. Tem atuado no IPOEMA desde 2011 como Coordenadora de Cursos e atualmente é diretora geral e responsável pela gestão de metodologias colaborativas do Instituto. Desde 2015 se tornou mãe da Lila e se entregou para viver a maternidade com suas belezas e desafios. Gosta de misturar todas essas metodologias e suas habilidades para fazer sonhos acontecerem. Já participou de muitos cursos de CNV com Dominic Barter, e desde 2013 busca utilizar essa ferramenta na sua vida pessoal e profissional no intuito de cuidar das relações

 

 

ABORDAGEM PEDAGÓGICA

Neste workshop vamos descobrir a Comunicação Não-Violenta à luz de situações reais que acontecem no nosso dia-a-dia e que nos colocam em dúvida se estamos nos expressando e posicionando da melhor forma. Utilizando se dos fundamentos da Comunicação Não-Violenta, a facilitadora nos guiará para enxergarmos esses desafios sobre um outro prisma no qual abrimos espaço para o auto-conhecimento, com maior consciência de nossas emoções e razões pelas quais agimos como agimos. A proposta é de “aprender-fazendo”, com breves explicações teóricas e muita prática em duplas e grupos. A nossa abordagem pedagógica é de que preferimos que você perceba a ferramentavivenciando-a em sua vida – mesmo que em um curto espaço de tempo – do que ouça muito sobre ela mas não saiba como aplicá-la ao sai do encontro. A partir desse contato, aqueles que desejarem, poderão aprender mais buscando se aprofundar no tema.

pexels-photo-433495-3

ESPAÇO

Céu de Brasília é uma escola de educação infantil que foi pensada, em mínimos detalhes, como um ambiente acolhedor, colaborativo e consciente. Entendemos que as experiências vividas na primeira infância refletem diretamente no tipo de indivíduo que cada criança vai se tornar. Se forem inseridos em um ambiente individualista, nossos pequenos crescerão acreditando que o mundo se resume a uma eterna competição com o próximo. O objetivo da escola é inspirar um senso de coletividade, respeito e amor, não apenas entre pares, mas entre todos os seres vivos e, por isso, o princípio da sustentabilidade foi envolvido em cada passo da idealização da escola: desde a sua estrutura – com madeira plástica reciclada, captação da água da chuva, telhado verde e aproveitamento da luz solar -, até a priorização dos espaços coletivos e a decisão de oferecer uma alimentação vegetariana. Nesse sentido, co-organizar um workshop de Comunicação Não-Violenta faz parte do todo que estamos, aos poucos, construindo. Uma comunicação sensível e empática é a base para que qualquer rede cresça como um organismo benéfico para o mundo, por isso, convidamos à todas e todos que participem conosco desse momento de troca.

19875214_1353172158136506_1815555277036761870_n

 

DATA e HORÁRIOS

O workshop será um primeiro contato com a metodologia e portanto será bem rápido. A ideia é facilitar para pessoas que sentem o chamado para repensar a comunicação, mas que não tem tempo, ou ainda não se sentem prontas para realizar um curso de maior duração. Assim, o workshop será realizado no sábado 21/10/2017 das 8hs-12hs.

ALIMENTAÇÃO

Durante o workshop haverá uma pausa e a idéia é termos um lanche coletivo, no qual cada participante traz uma bebida e um prato para compartilhar. Dentro das possibilidades, pedimos que dêem preferência para alimentos naturais, frescos, orgânicos e de origem na agricultura familiar e que evitem produtos com carne, industrializados, com muito sal e açúcar.

mesa-de-frutas

 

QUERO PARTICIPAR

DEPOIMENTOS SOBRE A FACILITADORA

“A Luiza tem uma linda habilidade de se comunicar graficamente e oralmente de maneira a trazer bom entendimento das informações e paz nas relações. Seu jeito tranquilo e objetivo, permite o desenvolvimento das pessoas e por consequência de boas idéias. Tê-la como facilitadora de um projeto ou atividade é prezar pelo alto desempenho dos resultados e das relações. É sempre muito gratificante!!!!”

Otávio Torrão – Permacultor, Ator, compositor, músico e poeta  Brasília/DF


“Tive oportunidade de estar com a Luiza em uma das experiências mais significativas da minha maternidade: a criação de um coletivo de cuidado parental. A Lu abriu as portas de sua casa e da sua vida para sete famílias construírem juntas uma proposta de cuidado das crias durante a semana. Tudo aconteceu muito rápido e sua atuação como mediadora das nossas reflexões e práticas foi fundamental. Foi um lindo trabalho de facilitação para o projeto acontecer de forma respeitosa, com um bom entrosamento entre todos, trazendo os sonhos de cada família, seus limites e possibilidades. Somos amigos até hoje. A Luiza faz o trabalho de mediação/facilitação de coração e isso faz toda diferença. E tem muito conhecimento sobre as metodologias que propõem. Compartilha o conhecimento e as propostas com muito cuidado e escuta, de forma clara e precisa. Ela também tem a incrível habilidade de traduzir ideias em imagens e desenhos lindos que ajudam a visualizar coisas que as palavras muitas vezes não dão conta de explicar. Super indico!”

Letícia Terreri – Bióloga – Brasília/DF


“Luiza Padoa tem um lindo trabalho de facilitação gráfica e de grupos, construído com muita dedicação, estudo e generosidade. Já participei de desenhos de projetos, utilizando a metodologia Dragon Dreaming, facilitados por ela, com muita competência e ótimos resultados. As experiências com facilitação gráfica que ela realizou para nós, Coletivo Gaia Brasilia e CONANE, foram maravilhosas, belas expressões dos pensamentos e sentimentos dos grupos. Recomendo o trabalho desta artista e facilitadora com muito respeito e carinho, vale a pena conhecer o que ela faz.”

Sonia Goulart – Coordenação Geral CONANE – Conferência Nacional de Alternativas para a Nova Educação


“A participação da Luiza Padoa como facilitadora gráfica no processo de formação politica que marcou o final da primeira fase do projeto Jovens Protagonistas da FLONA Tefé, RESEX do Baixo Juruá e RESEX do Rio Jutai (AM), foi essencial no sentido de promover maior compreensão dos educandos acerca do conteúdo trabalhado. Tinhamos um desafio grande, pois trataríamos de temas políticos complexos, principalmente para um público de jovens moradores de Unidades de Conservação dentro da floresta, com baixa escolaridade e pouco costume com reflexões mais profundas. O trabalho da Luiza ajudou a transformar as mensagens e reflexões complexas em algo não só visual, mas compreensível ao grupo, baseado em sinais e signos conhecidos pelos jovens. A Luiza não só tem habilidade na facilitação gráfica, mas na facilitação do processo como um todo, participando ativamente das avaliações de equipe e buscando as melhores estrategias de comunicação e sensibilização do grupo.”

Gabriella Calixto Scelza – Analista Ambiental/ICMBio – RESEX Marinha de Soure-Marajó/PA


Mais que trabalhar, Luiza viveu aqui conosco no sítio Nós na Teia. E trabalhou também, claro. Foram dois anos de muitas trocas, aprendizados, respeito, carinho, desenhos lindos e competência. Organizamos cursos juntos, ela participou da elaboração dos nossos documentos de governança, ajudou a facilitar o processo e até hoje temos e usamos muitos dos desenhos que ela fez. Sim, rolou muita facilitação gráfica. Ela é cheia de talentos variados, além de sorrir muito e lindamente. Então, o que eu particularmente posso dizer é que sim, vale a pena contratá-la.”

Sérgio Pamplona – Bioarquiteto e Permacultor – Brasília/DF


“Excelente facilitadora! Luiza é criativa, dinâmica e usa metodologias que tornam os processos lúdicos e interessantes.
Super recomendo!”

Mônica Carapeços – Educadora e Permacultora – Brasília/DF

QUERO PARTICIPAR

O IPOEMA - REALIZADOR

O IPOEMA – Instituto de Permacultura uma associação sem fins lucrativos, fundada em 2005 com a missão de contribuir na construção de um mundo melhor, socialmente mais justo e ambientalmente equilibrado se valendo da permacultura como metodologia para a concepção e execução de ambientes humanos sustentáveis e um modo de vida mais saudável em sua plenitude. Para isso, vem difundindo e ensinando todas as técnicas e tecnologias sociais que atendam as necessidades humanas sem gerar um impacto ambiental negativo. Desde sua fundação, o IPOEMA já capacitou e sensibilizou mais de 10 mil pessoas entre crianças, jovens e adultos!

O IPOEMA NA MÍDIA

 Temos quase 50 matérias jornalísticas de TVs e outras tantas de jornais, sobre nosso trabalho, veja algumas:

 

 

DEPOIMENTOS DE ALUNOS DO IPOEMA

cristiane-meico

“Em tempos de atitudes cada vez mais individualistas associadas a escassez de recursos, trabalhos como os do Ipoema são extremamente relevantes. Há anos que vejo jovens das escolas e outros cidadãos de Brasília sendo educados e capacitados pelo Ipoema para implementarem em suas vidas diárias práticas sustentáveis que respeitam não apenas os recursos do meio ambiente, mas principalmente os seres que nele habitam. Iniciativas como as do Ipoema deveriam ser replicadas em diversas partes do País.”

Cristiane de Abreu Meiçó – Psicóloga e gestora ambiental – Brasília/DF


““Quando viemos para essa região em 2011 o meu marido, Guy, e eu, não sabíamos como iniciar a vida sustentável que pretendíamos viver na nossa chácara em Goiás. Felizmente descobrimos IPOEMA e tivemos a sorte de fazer dois cursos – Bioconstrução e Agrofloresta – todas as duas maravilhosas. Além de informações importantíssimas e exercícios práticos durante os cursos, conhecemos pessoas maravilhosas e assim já não nos sentíamos tão sós. O simples fato da existencia de IPOEMA – o pessoal, o instituto, as casas, os viveiros, cisternas de ferrocimento, etc – torna a vida aqui no planalto mais rica e feliz.”

Greta Browne – Aposentada – Cocalzinho de Goias/GO


tairone“Depois de conhecer os conceitos de permacultura, através de uma matéria ministrada pelo CJ na UnB, mudei minha forma de interação com o meio. Através das idéias expostas em sala, e pelo exemplo de vida, comecei a conhecer e buscar outras formas de agir. Hoje estou construindo minha própria biocasa, vivo em contato com a natureza e sempre que posso dissemino essas idéias. Confesso que ainda estou na fase embrionária, aprendendo devagar e me desenvolvendo nessas práticas, mas já posso dizer que minha qualidade de vida aumentou muito, tudo graças às sementes plantadas por esse trabalho do CJ e do Ipoema.”

Tairone Gonçalves de Almeida – Bombeiro Militar – Araucária/PR

INSCRIÇÃO

processo de inscrição é todo online de maneira simples e rápida!

  • moip-pagamento2Pagamento em cartão, boleto ou transferência bancária
  • Parcelamento em até 6x
  • Desconto para pagamento à vista

Buscamos preços justos que cuidem tanto da Instituição e das pessoas que fazem parte da equipe quanto da diversidade de participantes que queremos alcançar com esta oficina. Avalie a sua categoria na hora de fazer a inscrição.

VALOR SOLIDÁRIO

Para agricultores, chacareiros, assentados, comunidades carentes, movimentos sociais, associações comunitárias, moradores de regiões periurbanas vulneráveis, estagiários, mães solo e famílias com renda até 2 salários mínimos, oferecemos um valor reduzido para te ajudar a participar!

 6x R$ 10,71

ou R$ 60,00 à vista

VALOR JUSTO

Estudantes, educadores, ONG’s, ativistas, autônomos, casais (quando os 2 se inscrevem), comunidades intencionais e coletivos que trabalham para uma transição planetária contribuem com o valor justo que proporciona o equilíbrio financeiro da Instituição.
6x R$ 14,28

ou R$ 80,00 à vista

 

VALOR ANJO

Se você é de uma empresa privada, instituição governamental e/ou seu ponto de equilíbrio permite apoiar a participação de outros indivíduos, seja o “anjo” de outra pessoa mais necessitada.

6x R$ 16,95

ou R$95,00 à vista

Dados para transferência bancária: Banco do Brasil – Ag. 2836-0 – Cc 888000-x
IPOEMA – Instituto de Permacultura – CNPJ 07.332.061/0001-03
Enviar comprovante para ipoema@ipoema.org.br

some icons made by RoundiconsEucalyp and Freepik from www.flaticon.com is licensed by CC 3.0 BY

Comentários